Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
PT EN FR DE ES
Página inicial > Notícias > Notícias > Campus Piúma vai voltar a oferecer curso de Formação Profissional de Aquaviários para pescadores
Início do conteúdo da página

Campus Piúma vai voltar a oferecer curso de Formação Profissional de Aquaviários para pescadores

Publicado: Sexta, 24 de Junho de 2022, 14h08 | Última atualização em Sexta, 24 de Junho de 2022, 14h28

Acordo de cooperação técnica foi assinado com a Marinha.

Piúma dentro

O Campus Piúma do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) vai voltar a oferecer cursos de formação para que pescadores possam ter sua habilitação como Aquaviários. Nesta quarta-feira (22), representantes do Ifes e da Marinha assinaram um novo Acordo de Cooperação Técnica (ACT) que tem, entre seus objetivos, reconhecer o Campus Piúma como entidade responsável pela oferta do curso. A previsão é de que sejam oferecidas 420 vagas ao longo dos próximos 5 anos.

Este é o segundo ACT assinado entre a Marinha do Brasil e o Campus Piúma do Ifes. O primeiro, assinado em 2015, tinha o mesmo objetivo e foi fruto de um processo de diálogo com o setor pesqueiro e de construção coletiva e participativa da APEDI - Associação de Pescadores e Armadores da Pesca do Distrito de Itaipava. A assinatura renova o reconhecimento do Campus, que estava vencido.

As formações serão por meio dos cursos das categorias Pescador Profissional (Pop), e Pescador Profissional Especializado (Pep), que constam do catálogo de habilitações da Marinha no 3º Grupo (pescadores). Os cursos são alguns dos requisitos para que os pescadores consigam obter a Caderneta de Inscrição e Registro (CIR), documento necessário para a prática da profissão. Além dos pescadores, outros grupos de aquaviários são, por exemplo, práticos, marítimos, fluviários e mergulhadores.

O acordo prevê, entre outras atribuições, que a Marinha disponibilize os materiais didáticos, capacite os profissionais do Ifes no Ensino Profissional Marítimo (EPM) e avalie periodicamente os cursos. Já ao Ifes compete, além da aplicação dos cursos, a disponibilização do espaço, a realização do processo de seleção, matrícula e certificação de conclusão, e a verificação de detalhes das demandas com as comunidades e associações de pescadores.

Segundo o reitor do Ifes, Jadir Pela, a ação demonstra como a instituição está conectada com o desenvolvimento das diversas regiões do Espírito Santo. “A interação com outros órgãos da administração, com empresas e com o terceiro setor são fundamentais para que possamos sempre estar atualizados quanto às demandas da sociedade e oferecer a melhor formação profissional possível”, afirmou. Jadir ainda agradeceu à Marinha do Brasil pela disposição para o acordo . “O vice-Almirante Sérgio Renato Salgueirinho e toda sua equipe da Diretoria de Portos e Costas da Marinha têm sido importantes parceiros do Ifes, e consequentemente dos pescadores de toda a região”, lembrou.

Já o diretor-geral do Campus Piúma, Marcelo Polese, destacou a vocação do Campus e celebrou a renovação do acordo. “O Campus Piúma nasceu com essa vocação regional e, mesmo sempre buscando ampliar sua oferta de cursos para outras áreas, nunca deixou de atender aos pescadores”, disse.

Confira algumas imagens:

Piúma3

Piúma 4

Piúma 3

Com colaboração do Setor de Comunicação Social do Campus Piúma. 

Com imagens de Leandro dos Santos Vieira.

registrado em:
Fim do conteúdo da página