Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Ifes produz protetores faciais para auxiliar profissionais de saúde no combate à Covid-19
Início do conteúdo da página

Ifes produz protetores faciais para auxiliar profissionais de saúde no combate à Covid-19

Publicado: Segunda, 06 de Abril de 2020, 11h41 | Última atualização em Terça, 07 de Abril de 2020, 13h37

A meta é produzir 10 mil protetores, que serão doados aos hospitais de referência no atendimento aos pacientes com sintomas da doença.

protetor facial 01

Os campi do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) iniciaram a produção de protetores faciais para doação a hospitais e unidades de saúde do Estado. Eles serão utilizados como equipamentos de proteção individual (EPI) pelos profissionais de saúde no combate à pandemia da Covid-19. Os protetores são feitos com revestimento de acetato e podem ser higienizados após o uso, para serem reutilizados.

Inicialmente, participam da ação os campi Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Piúma, São Mateus e Serra. Para o reitor do Ifes, Jadir Pela, a iniciativa exemplifica bem o trabalho em rede da instituição. “Em um momento como esse, nossos campi atuam em conjunto para contribuir com a sociedade no combate à pandemia”, destaca.

A meta é que os campi consigam produzir, pelo menos, 10 mil protetores nos meses de abril e maio. Para isso, mais de 15 impressoras 3D estão trabalhando diariamente para produzir os protetores faciais. De acordo com o pró-reitor de Extensão do Ifes, Renato Tannure, a instituição receberá ainda doação de impressoras 3D para ampliar a fabricação, além da adesão de estudantes que utilizarão seus próprios equipamentos para imprimir os protetores.

protetor facial 02

O material será entregue a hospitais e unidades de saúde dos sistemas públicos de saúde municipais e estadual. Na quarta-feira (1), o Campus Colatina fez a primeira entrega: seis protetores faciais foram doados ao Hospital Estadual Sílvio Avidos, que é referência em atendimentos de urgência e emergência para 17 municípios na região Noroeste. Na segunda-feira (6), mais 20 protetores faciais foram entregues à Casa de Saúde Santa Maria e nesta terça (7), o hospital Silvio Avidos recebeu mais 35 protetores.

protetor facial 03

“A fabricação dos protetores surgiu por iniciativa dos próprios servidores, em contato com grupos de desenvolvedores de empresas e outras instituições de educação. Agora estamos comprando os insumos para ampliar a produção e atingir a meta que estabelecemos”, explica Tannure. Ele destaca que há outras ações em curso no Instituto, com o objetivo de fabricar álcool em gel, sabão e máscaras de pano.

O Ifes divulgará ainda uma chamada pública para empresas interessadas em colaborar com a iniciativa. “Já recebemos o contato de três empresas que querem ajudar com equipamentos, materiais ou serviços”, conta o pró-reitor.

registrado em:
Fim do conteúdo da página