Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Cultura maker: Campus Cariacica promove espaço que incentiva o protagonismo e a criatividade dos estudantes
Início do conteúdo da página

Cultura maker: Campus Cariacica promove espaço que incentiva o protagonismo e a criatividade dos estudantes

Publicado: Quinta, 07 de Novembro de 2019, 15h53 | Última atualização em Quinta, 07 de Novembro de 2019, 16h00

O espaço foi inaugurado em setembro deste ano

O processo de democratização da informação e da tecnologia e as constantes transformações do mundo em que vivemos exigem cada vez mais que importantes áreas da nossa vida também sejam transformadas. O tradicional tem dado lugar ao novo, mais rápido e prático modo de pensar, ensinar e, principalmente, aprender.

Foi pensando nisso que o professor Frederico Pifano, do Campus Cariacica, do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), teve a iniciativa de trazer a Cultura Maker para o Instituto, por meio da construção do Espaço Maker, ou E-Maker, como foi denominado no campus. Durante uma viagem a Califórnia em 2014, para o evento FabLearn, na Universidade de Stanford, ele teve contato com a Cultura Maker e, a partir daí, começou a realizar esforços para implementá-la na instituição. “Percebi que o Ifes tinha as condições necessárias para viabilizar a ideia, que se mostra um caminho inevitável na educação”, afirma.

e maker 8

Algumas escolas do país já investem nesses espaços, que têm como objetivo colocar o conhecimento dos estudantes em ação, adaptando a ideia do “faça você mesmo” ao ensino. Por meio de ferramentas comuns, como o serrote e o martelo, e outras mais tecnológicas, como a impressora 3D, os alunos exercitam sua autonomia e criatividade, participando ativamente do processo de ensino-aprendizagem.

Para Andreyna Tamanini, estudante do curso técnico em Administração, além de despertar maior interesse pelo conteúdo, o espaço ajuda a manter o foco nas aulas. “A experiência está sendo ótima, ter um lugar com maior interação, onde podemos colocar nossas ideias em prática, é algo que deveria ser aplicada em todas as escolas. Isso faz com que o aluno sinta vontade de ir, aprenda de um jeito novo e se interesse bem mais. Eu, por exemplo, tenho muita dificuldade em manter o foco quando as coisas são sempre do mesmo jeito, e o E-Maker, por ser mais interativo, ajuda muito nisso”, conta.

O processo de construção do espaço durou cerca de dois anos, com o envolvimento de aproximadamente 10 professores do campus, mas só pôde ser inaugurado em setembro desse ano. Atualmente, o E-Maker atende a comunidade interna e recebe visita de alguns estudantes de escolas municipais de Cariacica, mas o objetivo é que, no próximo ano, o espaço seja aberto para uso de toda a comunidade.

e maker 4

Durante as aulas, os estudantes desenvolvem projetos que buscam solucionar problemas colocados pelos professores, como é o caso do protótipo de abridor de ovos e o pufe ecológico. O primeiro, desenvolvido pelos estudantes do 7° período do curso de Engenharia de Produção, foi construído com o objetivo de simplificar o ato de abrir ovos sem sujar as mãos, deixar respingos ou fazer com que partes da casca caíssem na gema ou na clara. Já o pufe ecológico será produzido pelo 4° ano do curso técnico em Administração, a partir de materiais recicláveis, como garrafas pet, pneus velhos e sobras de tecidos e será utilizado nas áreas comuns do campus.

Para a estudante do curso técnico em Administração, Dayane Botelho, a ideia de produção do pufe ecológico é muito animadora. “Eu gostei muito da ideia, acho que vai ser muito legal a gente produzir nesse espaço e ter ali dentro do campus algo que foi feito por nós, estudantes”, declara.

Siga o Instagram do E-Maker: @ifesmaker

e mkaer 9

 

registrado em:
Assunto(s): espaço , maker , campus cariacica
Fim do conteúdo da página