Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Ifes conquista resultados na Olimpíada Brasileira de Agropecuária
Início do conteúdo da página

Ifes conquista resultados na Olimpíada Brasileira de Agropecuária

Publicado: Quarta, 31 de Outubro de 2018, 15h30 | Última atualização em Quarta, 31 de Outubro de 2018, 15h31

Equipe de alunos e professores do Campus Montanha ficou em 12º lugar e ganhou medalhas de bronze.

Duas equipes de estudantes do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) conquistaram posições importantes na oitava edição da Olimpíada Brasileira de Agropecuária (OBAP), que aconteceu entre os meses de agosto e setembro de 2018. A etapa virtual aconteceu entre os dias 1º e 3 de agosto e reuniu cerca de 750 equipes. Quarenta equipes da modalidade Integrado passaram para a fase presencial da competição, realizada entre os dias 14 e 16 de setembro, no campus Bambuí do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG).

A equipe “Girolando da Montanha”, do Campus Montanha, ficou em 12º lugar na classificação final da modalidade Integrado, conquistando medalha de bronze. O time foi orientado pela professora Veridiana Basoni da Silva e composta pelos alunos Leonardo Novaes Cajaiba, Lívia Vicente Lopes e Andressa Moreira Santos, além do apoio técnico da professora Euzileni Mantoanelli.

A equipe “Tecnifes”, do Campus de Alegre, ficou em 25º lugar, também na classificação final da modalidade Integrado. Os alunos José Afonso Valim dos Santos Cruz, Thaís Vaillant Moraes Da Silva e Laura Martins Qualhano foram orientados pelos professores Renata Cogo Clipes, na etapa virtual; e César Otaviano Penna Jr, na etapa presencial.

OBAP

A Olimpíada Brasileira de Agropecuária é uma competição científica nacional destinada aos alunos do curso Técnico em Agropecuária e demais cursos do Eixo Tecnológico Recursos Naturais.

O objetivo da competição é estimular a participação dos estudantes e docentes em atividades de iniciação científica e a produção de tecnologia, colocando-os em situações desafiadoras, estimulando a cooperação e a integração entre eles, retornando assim, para a sociedade brasileira, benefícios originados da melhoria no ensino público de nível médio e técnico ligados à agropecuária.

Podem participar da olimpíada, estudantes brasileiros e dos demais países pertencentes a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), dos cursos de educação profissional da área de agrárias: Técnico em Agropecuária, Técnico em Agroecologia, Técnico em Meio Ambiente, Técnico em Agronegócio, Técnico em Alimentos, Técnico em Agroindústria e demais cursos do Eixo Tecnológico Recursos Naturais.

Para participar, cada equipe é formada por 3 estudantes que podem ser se cursos técnicos e anos diferentes e um orientador (professor ou técnico), todos da mesma escola.

Com informações do site oficial da OBAP.

Obs: Notícia publicada nesta data em razão da suspensão das ações de publicidade institucional durante o período eleitoral, que aconteceu entre 7 de julho e 28 de outubro de 2018.

Fim do conteúdo da página